Home SINDICATOS PB Presidente do SINDODONTO-PB é empossada na Associação Brasileira de Medicina Orofacial

Presidente do SINDODONTO-PB é empossada na Associação Brasileira de Medicina Orofacial

40
0
SHARE
Dra. Joana Oliveira é empossada na ABMOF

A presidente do SINDODONTO-PB Sindicato dos Odontologistas no Estado da Paraíba, Drª Joana Batista Oliveira Lopes, foi empossada como segunda secretária e conselheira do Conselho Científico da ABMOF – Associação Brasileira de Medicina Orofacial, para o mandato 2020/2022. A posse aconteceu solenemente na noite do último dia 29 de outubro, onde foi realizada a transmissão de cargos para a nova diretoria.

 

MOVIMENTO DA MEDICINA OROFACIAL

COMITÊ DE MEDICINA OROFACIAL

O QUE É A MEDICINA OROFACIAL?

Medicina Orofacial (MOF) é a área médica autônoma que estuda, previne, diagnostica e trata as doenças, distúrbios e demais condições do campo dentário ou odontológico, do campo oral e facial, bem como das áreas crânio-cervicais associadas à face. A definição desta área de atuação está no livro de autoria dos pesquisadores André Von Held, Pedro Bonassoli, Rogério Cavalcante e Simão Pedro C. Caetano, lançado em 2016, com mais de 500 páginas e que concentra os avanços científicos de especialistas de todas as partes dos Brasil. Esses profissionais, todos inicialmente formados em Odontologia, buscam junto com as instituições reguladoras da área a consagração da Medicina Orofacial, junto com a mudança da nomenclatura e a expansão da grade curricular dos futuros profissionais.

Já existe um abaixo-assinado nas redes sociais com mais de 25 mil assinaturas, que reivindica a equiparação da nomenclatura utilizada no Brasil com a empregada em Portugal e demais países lusófonos, adotando os nomes de “médico-orofacial” e curso de “medicina orofacial”, por exemplo, em substituição aos nomes de “cirurgião-dentista” e curso de “odontologia”. O grupo alega que na prática o cirurgião-dentista é um médico especialista em medicina oral e com o novo título esse profissional será enquadrado em um mesmo conjunto, passando a ser tratado e remunerado nos mesmos níveis dos demais profissionais médicos.

Médico-orofacial é o nome do título a ser concedido aos profissionais da Medicina Orofacial, com formação acadêmica, grau superior. Esses profissionais atuam no sistema orofacial, que é um complexo conjunto formado pelos demais subsistemas (digestório, ósseo, muscular, vascular, glandular, linfático, nervoso, tegumentar, bioeletromagnético e estomatognático), todos inter-relacionados.

Entre os participantes do livro está a especialista Danielle Pessanha Pedra, que também faz parte dessa luta para a consagração do campo. Ela esteve na apresentação do 1º Meeting de Medicina Orofacial, que aconteceu em 2018 no Rio de Janeiro e reuniu todos os profissionais que apoiam a existência desse campo, inclusive, com a presença de grandes nomes da Odontologia. Na ocasião, foi aberta a Associação Brasileira de Medicina Orofacial (ABMOF), que já está devidamente formalizada.

“A Medicina Orofacial surgiu no Brasil em 2016 e assim foi lançado o livro de mesmo nome, que reúne definições e estudos de diversos pesquisadores e cientistas do país. O interesse é solidificar de uma vez essa área, que é tão importante. Se promovermos uma readequação da grade curricular nas instituições de graduação, o paciente vai ter um profissional mais capacitado em todos os sentidos, em todos os setores de atuação dentro da Odontologia, que está agora mais completa, coesa e sustentada cientificamente, sendo modificada em sua nomenclatura para abranger justamente a diversidade. Isso vai dar sustentabilidade científica ao profissional para resolver qualquer tipo de problema na região de cabeça e pescoço. Nós queremos esse título e que os novos profissionais já saiam como médicos orofaciais”, explica.

O movimento tem apoio de José Mondeli, professor titular do Departamento de Dentística, Endodontia e Materiais Odontológicos da Faculdade de Odontologia de Bauru, Universidade de São Paulo, que escreveu a apresentação do livro de Medicina Orofacial e se disse privilegiado com o convite.

No dia 3 de julho de 2018 aconteceu a reunião anual do Conselho Federal de Odontologia, em Brasília, com a presença de representantes de todos os Conselhos Regionais de Odontologia. Os integrantes da Associação Brasileira de Medicina Orofacial (ABMOF) foram convidados pelo presidente do CFO, Dr. Juliano do Vale, para apresentar a proposta aos demais órgãos reguladores. Foram expostas as necessidades de alterações no campo e as possibilidades que a Medicina Orofacial pode oferecer.

“O objetivo é consolidar a Medicina Orofacial, que ganhou muita força após a realização do meeting. Com a Associação Brasileira de Medicina Orofacial, nós queremos o desenvolvimento dessa entidade em todas as regiões do Brasil”, ressalta.

Rogério Cavalcante
Conselho Científico ABMOF

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.